Também conhecida como “silicone no bumbum”, a Gluteoplastia é a cirurgia ideal para quem deseja aumentar o tamanho dos glúteos e modelá-los conforme seu objetivo estético para se sentirem mais felizes com seu corpo.

A técnica é indicada para pessoas com glúteos pequenos, achatados, flácidos ou, muitas vezes, para quem teve uma perda de peso rápida que acabou acarretando na diminuição do volume. As próteses são escolhidas conforme o biotipo da pessoa, adequando ao seu modelo estético e alinhando as suas expectativas finais para o procedimento.

Como funciona o procedimento

Consiste no implante de uma prótese de silicone. O procedimento cirúrgico é reconhecido e consagrado entre os cirurgiões plásticos. Na operação é realizada uma incisão com cerca de cinco a seis centímetros no sulco vertical que fica entre as nádegas, onde são introduzidos os implantes direito e esquerdo. 

As próteses são colocadas em posição intramuscular para promover ganho de volume e aumentar a projeção do glúteo. É importante explicar que elas ficam bem protegidas e acima do ponto de apoio, ou seja, o paciente não senta sobre a prótese. A cirurgia é realizada com anestesia local, também chamada de peridural, ou é feito o uso de anestesia geral.

A escolha por uma equipe de profissionais qualificados é essencial para se ter o resultado esperado, com toda confiança e medidas de seguranças tomadas.

Implantes semi esféricos ou trapezóides

Existem dois tipos de implantes para o glúteo: redondos (semi esféricos) ou ovais (trapezóides). Para fazer a melhor escolha, o cirurgião irá avaliar o biotipo de cada paciente, adequando o melhor formato para um determinado tipo de corpo, com intuito de obter um resultado satisfatório.

Pré-operatório

O pré-operatório da Gluteoplastia consiste na realização de exames laboratoriais prescritos pelo médico, a fim de verificar a saúde do paciente e garantir que esteja dentro do peso ideal para a realização.  É necessária também a suspensão de medicamentos anticoagulantes e uso de cigarro e bebidas alcoólicas dias antes da cirurgia. Além disso, deve ser realizado jejum absoluto de sólidos e líquidos nas oito horas que antecedem o procedimento. 

Pós-operatório

O pós-operatório da Gluteoplastia exige cuidados especiais. A principal preocupação é quanto a cicatrização, que fica posicionada na região interglútea (entre os glúteos) e geralmente não é visível na posição ortostática (em pé). É de extrema importância que os cuidados pós-operatórios sejam seguidos à risca.

  • Tomar analgésico e anti-inflamatórios receitados pelo médico;
  • Deitar apenas de bruços ou de barriga para cima;
  • Evitar sentar durante 7 dias;
  • Evitar esforço nos primeiros dias;
  • Após 30 dias iniciar exercícios físicos leves;
  • Exercícios físicos intensos somente após 6 semanas;

Os resultados são vistos imediatamente após a cirurgia e com menos inchaço após uma semana da operação, mas os resultados finais e definitivos só poderão ser vistos cerca de 18 meses após o procedimento.

Realize sua cirurgia plástica com segurança. Entre em contato conosco através do WhatsApp e agende sua avaliação. Acompanhe também nossas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades sobre cirurgia plástica: FacebookInstagram

 

Clínica Bellage

Aqui na clínica Bellage contamos com um atendimento humanizado, respeitando os objetivos e necessidades de nossos pacientes. São mais de 10 anos de experiência, com uma equipe qualificada, experiente e uma estrutura segura.